Rastreador Correio GPRS GPS CELLID LBS

Requisitos

ECK Projeto rastreador correio

A Readers Digest (revista seleções) é um grande usuário do serviço de correios no Brasil, havia a necessidade de avaliar de forma efetiva o processo de envio de seus produtos indicando quando um produto ficou parado além do tempo normal dentro de uma das unidades do correio, ou mesmo no caso de extravio da mercadoria.

Havia uma solução desenvolvida para o mercado americano, mas que não atendeu os requisitos de robustez mecânica do produto e nem resolveu o problema de consumo, a bateria deveria durar mais de 25 dias e o problema do gps conseguir pegar posição dentro de um caminhão ou em um prédio embaixo de diversas outras mercadorias e sem uma posição da antena determinada.

Solução 1

ECK Projeto rastreador correio

.Essa foi a primeira tentativa, um modem GL865 da Telit  e uma antena  Ethertronics associado a um GPS JN3  Sirf IV da Telit com uma Antena de GPS Sarantel.

A solução tecnicamente funcionou bem o problema foram que o correio destruiu o produto devido a problemas de mecânicos até a antena ethertronics que era soldada na pcb foi arrancada.

O GPS também em áreas fechadas mostrou-se ineficiente.

Solução 2

Ublox Rastreador correio

A segunda tentativa usou modem G100 da Ublox e um gps a Ublox.

Como o modem da Ublox e o GPS trocam informação por um canal I2C a localização através de gps tornou-se mais eficiente conseguindo operar mesmo em lugares fechados usando o serviço de CellID da Ublox que tem uma altíssima precisão.

Reforçamos a antena Ethertronics mas mesmo assim apresentou alguns problema de mau contato com a vibração.

A Antena patch do GPS embora não fosse ideal pois necessita estar voltada para cima apresentou um bom resultado.

O problema dessa versão foi o tamanho que o cliente solicitou que fosse diminuída e o custo.

Solução final

Rastreador Correio GPRS GPS CELLID LBS

Para solução final mudamos a filosofia de produto:

  • Interessava ao cliente somente quando o produto estava parado acima de x horas;
  • Como as centrais do correio de distribuição tem locais conhecidos não é necessária grande precisão no rastreamento um erro de 1000 metros é aceitável.

Baseado nisso desenvolvemos um rastreador com modem G100 da Ublox com uma antena PCB do tipo PIFA extremamente robusta, um simcard de encaixe mecânico mais apropriado as necessidades.

Nessa solução usamos um acelerometro que indicava que o rastreador estava parado, com essa informação sabiamos do tempo que rastreador encotrava-se parado na central do correio.

Como o cliente não queria investir em um site de rastreamento para a aplicação desenvolvemos uma interface com o google Earth de maneira a gerar arquivos KML e com isso obter as informações necessárias.

Um fato interessante desse produto foi um rastreador que começou a marcar posição na Africa no começo achamos que fosse um erro, mas depois descobrimos que havia sido um erro do correio é que o produto estava na Africa realmente.

Informações CellId